BRUNO CATALANO – Esculturas Vazadas

Bruno Catalano nasceu na França em 1960. O artista começou a fazer esculturas e estátuas no início dos anos 90, é um dos artistas mais promissores dos últimos anos. Sua coleção “Os viajantes” é muito curiosa: mostra pessoas em tamanho natural caminhando e levando maletas, mochila, violino, entre outros objetos. As peças são vazadas e o ponto de união e sustentação, entre as partes inferior e superior é a mala, sempre colada na perna.
Ao dar uma olhada nas imagens abaixo, entendemos porque a obra de Catalano faz tanto sucesso! Suas esculturas são bastante diferentes, feitas em bronze, apesar de ocas, parecem quase vivas: são cópias fiéis de nós mesmos. Suas expressões ora transmitem vigor, ora desânimo.
Sua coleção está exposta em grandes corporações públicas e privadas da França, China, Bélgica, Inglaterra, Suíça e Estados Unidos.



Visite o site do artista. Clique AQUI.
Anúncios

A Arte de Reciclar Fitas Cassetes

Os artistas contemporâneos estão cada vez mais criativos! A artista norte-americana Erika Iris Simmons é um bom exemplo disso. Ela utiliza fitas cassete recicladas para criar autênticos retratos de ícones da música como Jimi Hendrix, Madona, Kurt Cobain e outros.

Erika Iris Simmons

Sua obra foi apreciada pelo diretor Ethan Lader, que adorou a perspectiva de Simmons e elaborou o novo clipe do cantor/produtor Bruno Mars baseado inteiramente em sua arte. O vídeo da música Just The Way You Are, com mais de 50 milhões de acessos no YouTube e canção foi indicada ao prêmio Grammy de Melhor Performance Masculina.
No site da CNN Entertainment, Erika afirmou, “Eu faço [minhas obras] porque me divirto e as pessoas gostam.”…

Veja o vídeo de Bruno Mars abaixo:

Para ver mais retratos feitos com fita cassete e outro trabalhos da artista no Flickr, clique AQUI.

Visite o site de Erika Iris Simmons clicando AQUI.

A ARTE AÇUCARADA DE KRISTEN CUMINGS

Americana recria clássicos da pintura com balas coloridas

A artista da Califórnia Kristen Cumings faz uma bela arte adocicada, onde seus quadros são decorados com milhares de balas coloridas. Trata-se de um trabalho minucioso e detalhado, onde Kristen chega a usar entre 8 mil a 12 mil balinhas, levando muitas vezes mais de 50 horas para concluir suas impressionantes obras de arte.

Kristen começa a sua obra com a foto da arte que será reproduzida, pintando essa imagem em tela branca com tinta acrílica,em seguida, separa umas 50 cores de bala em compartimentos diferentes e depois passa cada bala na cola para cobrir o desenho original, decora e cobre toda a pintura com as balas.

Kristen Cumings já recriou obras-primas de Van Gogh e Leonardo Da Vinci, além de um retrato em tamanho real do famoso bruxo Harry Potter, usando a sua técnica açucarada, e chegou a usar até 12 mil balas coloridas nesta obra.

“Quando comecei, levava 200 horas para terminar cada obra, mas agora aprimorei minha técnica e consigo terminar um (quadro) em metade do tempo”, disse Cumings.

A artista diz que, às vezes, enfrenta contratempos: “Não consigo me lembrar de quantas vezes já derrubei todas as balas no chão. É extremamente frustrante e diminui seu ritmo. Minha sorte é que meus filhos adoram me ajudar a reorganizar as balas”.

Abaixo, um vídeo da artista, acompanhe o seu trabalho:

 

Visite o site oficial de Kristen Cumings, clicando AQUI.

DINOSSAUROS – A Arte de Darren Pearson

Fotógrafo cria imagens incríveis de dinossauros usando LED de um chaveiro. Veja!

Os dinossauros foram extintos há milhões de anos, mas eles estão de volta pela lente do fotógrafo Darren Pearson. O americano cria imagens incríveis dos animais usando lanternas e uma técnica de fotografia com baixa velocidade. A habilidade do fotógrafo é de arregalar os olhos, o trabalho é surpreendente.

O designer gráfico e fotógrafo Rocha Darren Pearson combinou o seu fascínio por criaturas pré-históricas e uma forma de arte relativamente nova chamada pintura de luz para criar imagens de dinossauros colocados nas ruas de Los Angeles. Pearson utiliza a luz emitida pelo LED um chaveiro para “pintar” ou “desenhar” linhas no ar e com uma câmera digital single-lens reflex fixado em uma velocidade de obturador muito lenta capta imagens do neon-like desenhos que surgem. Os resultados são pinturas de luz de dinossauros posicionadas em locais muito inusitados. Pearson lançou um vídeo no youtube mostrando como ele cria sua “fósseis de luz.

ESCULTURAS EM TRONCOS DE ÁRVORES

Estas belíssimas esculturas, são feitas pelo artista Randall D. Boni, que esculpe animais selvagens em troncos de árvores. Boni dedica-se desde 1989 a esculpir madeira com motosserras elétricas, usando árvores doentes ou estragadas. São obras incríveis, muito delicadas, ricas em detalhes que mostram todo o talento, habilidade e criatividade do artesão. Confira as fotos deste grandioso trabalho:


Agora veja um vídeo que mostra o processo de criação de uma de suas obras:

ORIGAMI COM UM DÓLAR – Arte de Won Park

Um artista que é um mestre na Arte do Origami chama-se Won Park, ele vive nos Estados Unidos e utiliza notas de um dólar como o seu material artístico. Além disso, ele também é conhecido por possuir uma das casa mais inusitadas do mundo! Park mora num caminhão do lixo! Verdade! Mas não se assustem, trata-se de um antigo caminhão do lixo transformado em uma bela casa onde o mal cheiro não é um problema…Não existe! 


Won é autor de trabalhos realmente impressionantes, é extraordinário ver como uma simples nota de 1 dólar pode ser transformada literalmente numa obra de arte! 

A sua arte e também a sua casa, têm despertado a curiosidade de pessoas pelo mundo inteiro e Park…Bom, ele continua por aí com a sua casa móvel a espalhar alegremente a sua criatividade…


Veja a casa do artista:

Agora vamos ver as obras de Won Park:

A “VIDA DE PREGO”, POR VLAD ARTAZOV

Sob intitulação original “Nail’s Life” (Vida de Prego), o trabalho do fotógrafo tcheco Vlad Artazov consiste basicamente numa reprodução de cenas da vida humana com a utilização de pregos. Para muita gente prego nada mais é do que artigo para venda em depósitos de construção. Talvez, o lugar mais próximo da arte que tais pequenos artefatos podem ficar seja ao pendurar um quadro na parede. Mas foi justamente utilizando estes objetos tão simples: pregos, que o fotógrafo tcheco Vlad Artazov criou o ensaio “Nail’sLife” (Vida de prego). 

Positivamente e em larga escala elogiado pela crítica, o trabalho do tcheco destaca-se, dentre as muitas qualidades nítidas, pela essência que o autor consegue transmitir através de simples pregos de metal, estando alguns deles já em processo de oxidação, arranjados de modo que chegam até a transmitir sentimentos e emoções aos observadores. Mesmo sem braços, os pregos conseguem representar em nós sentimentos como solidão, opressão e amor. Despertando-nos e fazendo-nos refletir sobre o real valor das relações humanas e até que ponto deixamos nossas rotinas ofuscarem seus reais valores. 

Algumas imagens mostram o lado obscuro e algumas imagens mostram intimidade, justificando uma arte verdadeiramente inspiradora. Num contexto geral, as obras de Artazov são geralmente bem-humoradas e levam uma mensagem irônica em seus quadros, esta “Vida de Prego” pode certamente ser a sua obra-prima, vejam:

ARTE EM CALÇADOS – KOBI LEVI

O Israelense Kobi Levi, designer de calçados, tem uma abordagem lúdica e única de seus projetos, tratando-os como esculturas. Seus calçados são claramente mais apreciados pela criatividade artística e pelo humor do que pela alta moda. Levi usa objetos do cotidiano e os incorpora a um par criativo de saltos altos.


“Na minha concepção artística o sapato é a minha tela”, diz Levi, um graduado da Academia Bezalel de Arte & Design, em Jerusalém. “O gatilho para criar uma nova peça surge quando uma idéia, um conceito e/ou uma imagem vem à mente. A peça é uma escultura de vestir. Ela está viva.” Continua Kobi. A maioria das suas inspirações não são vistas em sapatos comuns, o artista dá ao calçado uma transformação extrema. Atualmente, Levi trabalha em Israel, mas já fez trabalhos para o mundo inteiro, inclusive para o Brasil. O resultado do seu trabalho é incrível e muito divertido, mas será que são usáveis?
   

Visite o blog do artista clicando AQUI.

ARTE COM ARAME

A artesã Denise Rodrigues sempre teve olhar especial para o mundo das artes e desde 2008 tem se dedicado a uma tarefa que lhe dá muito prazer: recriar objetos com diversos tipos de materiais. 
Quando, pela primeira vez, experimentou usar arame de alumínio e cobre em suas recriações, surpreendeu-se com o que rebrotava diante de si. A textura, maleabilidade e as diferentes espessuras desses materiais permitiram-lhe várias expressões artísticas. 
Desde então, com um alicate e imaginação cria várias esculturas e objetos comuns de uso cotidiano.

Visite o site de Denise Rodrigues, clicando

AQUI.